gerenciamento-de-areas-contaminadas

Gerenciamento de Áreas Contaminadas

O Gerenciamento de áreas contaminadas é um processo para obtenção e análise de dados de um determinado local e a ENVITEK tem como objetivo minimizar os riscos a que a população e o meio ambiente estão sujeitos, através de etapas sequenciais tornando-se possível a identificação e quantificação dos impactos ambientais existentes na área em estudo, bem como a reabilitação e descontaminação de áreas impactadas. Por meio da aplicação de metodologias e técnicas consagradas no mercado e pela capacidade de nossas equipes, estes serviços fornecem um quadro preciso e abrangente da situação ambiental, identificando riscos presentes ou futuros.

Associados a essa Unidade de Negócio, apresentamos os seguintes serviços:

  • Diagnóstico Ambiental Preliminar;
  • Diagnóstico Ambiental Confirmatório;
  • Diagnóstico Ambiental Detalhado.
  • Estudos e Análise de Risco Toxicológico à Exposição Humana;
  • Estudos de Análises de Risco Ambiental, de segurança e saúde ocupacional com as técnicas HAZOP (Hazard and Operability Study), APP (Análise Preliminar de Perigo), APR (Análise Preliminar de Risco), RBCA (Risk-Based Corrective Action), Csoil e RAGS (Risk Assessment Guidance for Superfund), entre outras;
  • Desenvolvimento de Modelagem Matemática de fluxo e de transporte de contaminantes na água subterrânea;
  • Modelagem Matemática de Processos de Degradação;
  • Mapeamento Hidroquímico de Aquíferos, projeto, implantação e operação de rede de monitoramento de água, com monitoramento sistemático e interpretação dos resultados analíticos;
  • Soil Gas Survey;
  • Sondagens Mecanizadas (Geoprobe, Hollow Stem Auger, Rotativa, Geohammer);
  • Instalação de Poços de Monitoramento, Bombeamento, Extração e Poços Telescópicos (Dual Case);
  • Ensaios Hidráulicos, Geotécnicos e Hidrogeológicos (Slug Test, Ensaio de Vazão, Ensaio de Bombeamento);
  • Investigações não intrusivas;
  • Estudos de Geoprocessamento;
  • Estudos Geotécnicos (Diagnósticos e Monitoramentos Geotécnicos, Cadastramento de Interferências);
  • Geofísica (Gravimetria, Magnetometria, GPR – Ground Penetrating Radar, Tomografia Elétrica, Eletromagnético, Eletroresistividade, Perfilagem;
  • Oxidação e Redução Química in-situ;
  • Bio-remediação (Injeção de Nutrientes) – Direct Push;
  • Escavação, Remoção e Destinação do solo;
  • Bombeamento e Tratamento da Água Subterrânea (Pump & Treat);
  • Extração Multifásica (Sistema MPE – Multi-Phase Extraction);
  • Extração de Vapores do Solo (Sistema SVE – Soil Vapor Extraction);
  • Injeção de Ar (Bioventing / Air Stripping);
  • Barreiras Reativas Permeáveis;
  • Estabilização;
  • Tecnologias Térmicas.